Não vai ter curso, retiro, terapia ou floral suficiente para tirar a gente dessa.

Ciclo 2

Saúde mental

Vamos contrapor a ideia dominante de saúde mental como um aspecto individual e diante de uma epidemia de ansiedade e depressão, pensar na relação entre o nosso modelo econômico e social e os sofrimentos que estamos tendo. 

 

A profusão de serviços e conteúdos de bem-estar focados em “melhorar” a nós mesmas/os alimenta uma indústria bilionária ao mesmo tempo em que nos distancia de canalizar a nossa indignação para as estruturas que nos causam sofrimento.

Clube do Livro

66c6b6dc-e093-4d17-88ca-83db30dff6c2.jpeg

Happycracia:
Produzindo Cidadãos Felizes

de Edgar Cabanas e Eva Illouz

O que é felicidade? Por que o “ser feliz” é tão imperativo nas nossas vidas? O livro traz inúmeras reflexões sobre a construção desse ideal, que é sustentado por pseudociências que prometem caminhos e soluções. Vamos refletir sobre a positividade na nossa sociedade e como o ideal da meritocracia, o consumismo e a nossa tendência em gerir a vida como uma empresa, com metas e maximização de ganhos, está nos tornando cada vez mais infelizes.

 

Com: Nat Simon e André Lombardi

 

Data:  31/06 + 7, 14 e 21/07

Horário: 19h30 às 21h30

Sessão Clima

TakeYourPills.jpeg

Take Your Pills

de Alison Klayman

Já paramos para pensar que o café é um estimulante legalizado para nos tornar mais eficientes e adequadas/os aos padrões de produtividade de hoje? 

 

O documentário Take Your Pills (Tome Suas Pílulas) aborda o uso desenfreado que estudantes e profissionais de diversas áreas fazem de remédios estimulantes e como o nosso modelo excludente de sociedade torna a competitividade a única via possível de sobrevivência, e com ela, o uso de substâncias que não nos deixem pra trás.

 

Vamos falar sobre a crescente medicalização da vida e provocar reflexões sobre o que consideramos “normal” quando estamos falando sobre uma saúde mental ideal.

Com: Luciano Lobato e Flávia Albuquerque

Data: 28 de junho

Tensão

Encontro 1:

Saúde mental, espiritualidade e psicodélicos

 

Atualmente estamos vivendo um renascimento do uso de psicodélicos, não apenas como substâncias e práticas auxiliares na atenuação do sofrimento psíquico, mas também como bens de consumo para aprimoramento pessoal, junto à intensa despolitização, esvaziamento e apropriação de espiritualidades e medicinas originárias que se relacionam com a cultura psicodélica e saúde mental.

 

Como podemos olhar de forma crítica para esses processos individualistas e enxergar a saúde mental como uma urgência coletiva?

Com: Kurai

 

Data: 05 de julho

das 19h30 às 21h30

Encontro 2:

O comum nas diferenças

O aumento do índice de sofrimento psíquico nos últimos anos deixa claro que o nosso modelo de vida impacta diretamente a nossa saúde mental. Diante de um cenário hostil, a criação de redes de apoio, coletivos, cooperativas e comunidades é uma via fundamental para o fortalecimento político e para a promoção da saúde mental. 

 

Mas como lidar com as diferenças presentes nas relações e nos grupos? Como criar uma comunidade que não exija que todos sejam iguais, mas que se construa também a partir da singularidade de cada um? Como ouvir o outro na sua diferença para fortalecer aquilo que temos em comum?

 

Com: Lucas Veiga

Data”: 07 de julho

das 19h30 às 21h30

Clímax

Encontro 1

A canseira de cada dia - como chegamos até esse ponto de ninguém aguentar mais não aguentar mais?

Data: 09 junho

Encontro 2

Você não é seu trabalho e empresa não é família: desromantizando a camisa vestida e entendendo outras formas de se relacionar com o nosso ganha-pão.

Data: 12 de julho

Professores

flavia albuquerque.jpeg

Flávia Albuquerque
@despatologiza

psicóloga e mestra em Psicologia e Educação, se dedica aos estudos da patologização da vida e, atualmente, trabalha como psicóloga clínica e gerencia a página @despatologiza, onde faz reflexões sobre saúde mental crítica.

WhatsApp Image 2022-03-22 at 01.17.05.jpeg

Kurai

@kuraie

Indígena Pampeana, acadêmica de enfermagem na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), estuda sobre saúde mental, saúde coletiva e o uso psicodélicos no tratamento e atenuação dos sintomas da depressão e outros sofrimentos psíquicos. 

luciano lbato.jpeg

Luciano

Lobato

@lucianolobatopsico

psicólogo clínico e (ocasionalmente) comunitário, mestre em Psicologia Experimental pela PUC-SP. Escreve sobre saúde mental, sociedade, filosofia, ideologia, felicidade e ética no @lucianolobatopsico.

Foto nat LATTES.jpeg

Nat Simon

@climaperestroika

criadora e gestora do Clima, com estudos na área de comunicação e educação, com interesse em psicologia social e promove a curadoria e facilitação de cursos e ambientes de aprendizagem.

lucas veiga.JPG

Lucas

Veiga

@veigalucas_

psicólogo e mestre em Psicologia Clínica pela Universidade Federal Fluminense. Idealizador da plataforma descolonizando.com que reúne textos, vídeos e cursos ministrados por ele sobre saúde mental, questões raciais e anticoloniais. É autor do livro Clínica do impossível: linhas de fuga e de cura.

andre lombardi.jpeg

André

Lombardi

@lablabirinto

Psicólogo formado pela PUC-SP, especializado em daseinsanalyse e psicologia do corpo, e pesquisador de epistemologia. Criou o Labirinto, laboratório de experiências relacionadas aos temas de corpo, arte e filosofia.

Calendário

junho-certo-1.png
julho-certo-1.png

Quer participar apenas desse ciclo?